Futuro zé que irá governar o Brasil num futuro próximo


Yoda.jpg
Este artigo ou seção de artigo trata do futuro. Tudo que for escrito a partir daqui foi baseado nas premonições do Mestre Yoda.
Clique aqui para mais premonições do mestre Yoda você ver.

Futuro zé que irá governar o Brasil num futuro próximo é algo que ultimamente nos está intrigando bastante. Quem dera se nós pudéssemos saber quais serão os próximos presidentes. Não sabemos se ele será um bom ou mau presidente, também não sabemos se ele é um iletrado ou uma pessoa culta. Até este momento a única coisa dessa figura misteriosa que nós sabemos é que ele será o próximo presidente do Brasil.

Quem é ele... ou ela?Editar

Certamente você deve estar-se perguntando quem é esse cara ou essa vadia, né? Porém eu lhe digo que é impossível saber quem é esse filho da puta. Sobre as suas características também não sabemos, mas há chances altas de ele ser como todos os políticos que entraram na presidência do Brasil, que nunca saíram de lá com ficha limpa ou sem terem contado um monte de mentiras para a população. Talvez ele faça muitas promessas, porém, como já é de praxe, todos eles já nos prometeram várias coisas, mais nunca as cumpriram completamente, tendo que dever esclarecimentos para o povão, mas como o destino é muito cruel com a gente, tudo no Brasil acaba terminando em pizza.

Mas na minha opinião sobre o tal Zé, com toda a certeza eu posso dizer que ele nunca colocará ao lado dele como vice-presidente um político que pertença a algum partido verdadeiramente opositor. O que também posso garantir é que ele vai criar mais impostos inúteis, mudar o valor do salário mínimo aumentando uns 60 reais, gastar o nosso dinheiro com bebidas e prostitutas, e mandar o nosso dinheiro para países miseráveis como Cuba.

 
A suposta foto do tal Zé.

Os presidentes estão pouco se fodendo para o futuro do pais, para eles o que importa é o foder poder. E o Zé pode ser um deles!

Você (ou quem sabe, a sua mãe) ou qualquer um que você conheça pessoalmente pode tornar-se o presidente deste país, mas só vamos saber quem realmente é esse Zé nos próximos anos.

O que não sabemos sobre eleEditar

  • Não sabemos se ele será bom.
  • Não sabemos se ele será ruim.
  • Não sabemos se ele é o Michael Jackson
  • Não sabemos nada sobre ele
  • Não sabemos se ele é Illuminati
  • Não sabemos de onde ele veio
  • Não sabemos se ele é terrorista
  • Não sabemos se eu sou ele
  • Não sabemos se tu és ele
  • Não sabemos se você é ele
  • Não sabemos se ele será um ditador
  • Não sabemos se ele é gay
  • Não sabemos se ele é negro
  • Não sabemos se alguém vai fazer mimimi por causa do comentário acima
  • Não sabemos se ele é um babaca
  • Não sabemos se ele não é petista
  • Não sabemos se ele é um extraterrestre
  • Não sabemos se ele é um wikimerdista

Ele será bom ou ruim?Editar

Primeiramente, é difícil saber se ele vai ser bom, mas há uma probabilidade bem baixa de ele ser um bom presidente. Enquanto isto, nós podemos concluir que o futuro zé que irá governar o Brasil depois da Dilma Rousseff é o Michel Temer zé que não sabemos ou não temos noção de quem é.

 
O humilde carro do Zé.

Talvez possamos saber mais sobre esse ser misterioso se nós conseguirmos uma máquina do futuro através dum cientista louco, mas infelizmente não há um meio que nos permita saber quem ele é, o que ele deixou de ser ou o que ele poderá ser. O que apenas sabemos até agora é que ele vai governar o Brasil no futuro.

Ver tambémEditar


   
Ditadores da República Bolsolavista do Brasil
v  d  e h

Governadores não tão gerais:

Tomé de Sousa - Duarte da Costa - Mem de Sá - Luís de Brito e Almeida - Lourenço da Veiga - Manuel Teles Barreto - Francisco de Sousa - Diogo Botelho - Diogo de Meneses - Gaspar de Sousa - Luís de Sousa - Diogo de Mendonça Furtado - Francisco de Moura Rolim - Diogo Luís de Oliveira - Pedro da Silva - Fernando de Mascarenhas - Jorge de Mascarenhas - Antônio Teles da Silva - António Teles de Meneses - João Rodrigues de Vasconcelos e Sousa - Jerónimo de Ataíde - Francisco Barreto de Meneses - Vasco de Mascarenhas - Alexandre de Sousa Freire - Afonso Furtado de Castro de Mendonça - Roque da Costa Barreto - Antônio de Sousa Meneses - António Luís de Sousa Telo de Meneses - Matias da Cunha - Antônio Luís Gonçalves da Câmara Coutinho - João de Lencastre - Rodrigo da Costa - Luís César de Meneses - Lourenço de Almada - Pedro de Vasconcelos e Sousa - Pedro António de Meneses Noronha de Albuquerque - Sancho de Faro e Sousa - Vasco Fernandes César de Meneses - André de Melo e Castro - Luís Pedro Peregrino de Carvalho e Ataíde - Marcos José de Noronha e Brito - António de Almeida Soares Portugal - Antônio Álvares da Cunha - Antônio Rolim de Moura Tavares - Luís de Almeida Portugal Soares Mascarenhas - Luís de Vasconcelos e Sousa - José Luís de Castro - Fernando José de Portugal e Castro - Marcos de Noronha e Brito

Reis Imperadores que em nada mandavam: Dom João VI - Dom Pedro I - Marquês de Caravelas (regente) - Senador Vergueiro (regente) - Francisco de Lima e Silva (regente) - Marquês de Monte Alegre (regente) - João Bráulio Muniz (regente) - Diogo Antônio Feijó (regente) - Marquês de Olinda (regente) - Dom Pedro II - Isabel Leopoldina (jure) - Pedro III do Brasil (jure) - Luís I do Brasil (jure)

Presidentes Primeiro-Ministros do Segundo Reinado:

Manuel Alves Branco - José Carlos Pereira de Almeida Torres - Francisco de Paula Sousa e Melo - Pedro de Araújo Lima - José da Costa Carvalho - Joaquim José Rodrigues Torres - Honório Hermeto Carneiro Leão - Luís Alves de Lima e Silva - Pedro de Araújo Lima - Antônio Paulino Limpo de Abreu - Ângelo Moniz da Silva Ferraz - Luís Alves de Lima e Silva - Zacarias de Góis - Pedro de Araújo Lima - Zacarias de Góis - Francisco José Furtado - Pedro de Araújo Lima - Zacarias de Góis - Joaquim José Rodrigues Torres - José Antônio Pimenta Bueno - José Maria da Silva Paranhos - Luís Alves de Lima e Silva - João Lins Vieira Cansanção de Sinimbu - José Antônio Saraiva - Martinho Álvares da Silva Campos - João Lustosa da Cunha Paranaguá - Lafayette Rodrigues Pereira - Sousa Dantas - José Antônio Saraiva - João Maurício Wanderley - João Alfredo Correia de Oliveira - Afonso Celso de Assis Figueiredo

República Velha: Deodoro da Fonseca (PN) - Floriano Peixoto (PN) - Prudente de Morais (PRF) (Manuel Vitorino) - Campos Sales (PRP) - Rodrigues Alves (PRP) - Afonso Pena (PRM) - Nilo Peçanha (PRF) - Hermes da Fonseca (PRC) - Venceslau Brás (PRM) - Rodrigues Alves (PRP) - Delfim Moreira (PRM) - Epitáfio Epitácio Pessoa (PRM) - Artur Bernardes (PRM) - Washington Luís (PRP) - Júlio Prestes (PRP) -

Era Vargas: Junta Governativa Provisória de 1930 (PN) (Augusto Tasso Fragoso, Isaías de Noronha, Mena Barreto) - Getúlio Vargas (PTB) - José Linhares (PTB) -

República Populista: Eurico Gaspar Dutra (PSD) - Getúlio Vargas (PTB) - Café Filho (PSP) - Carlos Luz/Nereu Ramos (PSD) - Juscelino Kubitschek (PSD) - Jânio Quadros (PTN) - Ranieri Mazzilli (PSD) - João Goulart (PTB) -

Dentadura Ditadura Regime Militar:Ranieri Mazzilli (PSD) - Humberto Castelo Branco (ARENA) - Artur da Costa e Silva (ARENA) - Junta Governativa Provisória de 1969 (PN) (Lira Tavares, Augusto Redemaker, Márcio Sousa de Melo) - Emílio Garrastazu Médici (ARENA) - Ernesto Geisel (ARENA) - João Figueiredo (ARENA PDS) -

Nova República: Tancredo Neves (PMDB) - José Sarney (PMDB) - Sílvio Santos (SBT) - Fernando Collor de Mello (PRN) - Itamar Franco (PRN) - Fernando Henrique Cardoso (PSDB) - Luiz Inácio Lula da Silva (PT) - Dilma Rousseff (PT) - Michel Temer (PMDB) - João Dória (PSDB) Jair Bolsonaro (PSL PN)



Os piores Melhores Ditadores que não Tivemos

Lauro Sodré (PRF) - Quintino Bocaiuva (PRF) - Ruy Barbosa (PRP) - Borges de Medeiros (PN) - Góis Monteiro (PN) - Protógenes Guimarães (PN) - Eduardo Gomes (UDN) - Iedo Fiúza (PCB) - Mário Rolim Teles (PAN) - Cristiano Machado (PSD) - João Mangabeira (PSB) - Odilon Braga (UDN) - Altino Arantes (PSD) - Vitorino Freire (PST) - Alípio Correia Neto (PSB) - Juarez Távora (PDC) - Ademar de Barros (PSP) - Plínio Salgado (PRP) - Milton Campos (UDN) - Danton Coelho (PSP) - Henrique Teixeira Lott (PSD) - Fernando Ferrari (MTR) - Ulysses Guimarães (MDB) - Euler Bentes Monteiro (MDB) - Paulo Maluf (PDS) - Leonel Brizola (PDT) - Mário Covas (PSDB) - Afif Domingos (ALC) - Roberto Freire (PCB) - Aureliano Chaves (UNC) - Affonso Camargo Neto (PTB) - Enéas Carneiro (PRONA) - Orestes Quércia (MDB) - Esperidião Amin (PPR) - Ciro Gomes (PDT) - Alfredo Sirkis (PV) - José Maria de Almeida (PSTU) - José Serra (PSDB) - Anthony Garotinho (PTC) - Rui Costa Pimenta (PCO) - Heloísa Helena (PSOL) - Cristovam Buarque (PDT) - Marina Silva (PV - Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) - Aécio Neves (PSDB) - Luciana Genro (PSOL) - Pastor Everaldo (PSC) - Eduardo Jorge (PV) - Levy Fidélix (PRTB) - Fernando Haddad (PT) - Geraldo Alckmin (PSDB) - João Amoêdo (NOVO) - Cabo Daciolo (Patriotas) - Henrique Meirelles (MDB) - Álvaro Dias (PODE) - Guilherme Boulos (PSOL)